Instagram

Facebook

Youtube

Bianca Consoli

Motoboy violenta e assassina cunhada por “sentir raiva” da vítima

No dia 13 de setembro de 2011, a jovem Bianca Ribeiro Consoli, de 19 anos de idade, foi brutalmente violentada e assassinada pelo seu então cunhado Sandro Dota.

O caso

O crime ocorreu devido a atração sexual que Sandro Dota possuía por Bianca. Dota então invadiu a residência da vítima sem seu consentimento e ao receber respostas negativas de Ribeiro, decidiu iniciar uma série de ataques contra ela, o que posteriormente ocasionaria o crime.

Justiça

A denúncia contra o acusado foi oferecida pelo Ministério Público, que o classificou no crime de homicídio triplamente qualificado. Posteriormente, houve o aditamento da acusação, para que o suspeito fosse processado, julgado e condenado também pelo delito de estupro.

 

Entretanto, insatisfeito com a decisão, a defesa de Dota decidiu recorrer da decisão com recurso de apelação, por meio da alegação que o crime de estupro não poderia ter sido julgado pelo Tribunal do Júri.

O escritório

O escritório Medina e Reis Advogados Associados foi representado pelo Dr. Cristiano Medina da Rocha, que atuou como assistente de acusação, que felizmente conseguiu junto ao MP a condenação de Sandro Dota a pena 23 anos de reclusão pelo crime de homicídio triplamente qualificado, assim como a mais oito por estupro.

Confira algumas reportagens sobre o caso:

“Não teria a capacidade de matar um ser humano”, diz acusado de estuprar e assassinar Bianca Consoli – Notícias – R7 São Paulo

Caso Bianca Consoli – Wikipédia, a enciclopédia livre

Julgamento de motoboy será retomado nesta terça-feira em SP

Motoboy é condenado por matar e estuprar Bianca Consoli – Tribuna MS

Motoboy é condenado por matar e estuprar Bianca Consoli

Promotor acusa motoboy de planejar morte da cunhada e omitir estupro

 

Vídeos:

 

 

 

 

 

Sem comentários

Deixar um comentário

Top